skip to Main Content
  • languages logo
Qual é A Composição De Um Pneu?

Qual é a composição de um pneu?

INTRODUÇÃO À INDÚSTRIA DE PNEUS

A composição de um pneu é principalmente de borracha. O processo de fabricaçao de um pneu é complexo, e consiste num conjunto de múltiplas camadas aplicadas umas sobre as outras. Para fabricar o pneu, existem 4 etapas:

  • Mistura: Mais de 200 componentes são misturados utilizando misturadores e rolos. Borracha natural, borracha sintética, preto de carbono e mais de 200 componentes passam através dos rolos para obter um composto de borracha homogéneo.
  • Preparação: as diferentes camadas do pneu são preparadas utilizando o processo de calandragem ou extrusão antes de serem armazenadas separadamente.
  • Construção : esta é a fase em que as diferentes camadas são montadas.
  • Cura: após da construção, o pneu ainda é maleável, e chamado pneu verde. Para o finalizar, é necessário vulcanizá-lo de modo a torná-lo elástico e resistente às intempéries.

 

As diferentes camadas de um pneu.

 

 

 

logo

Camada interna estanque
(Inner liner)

* A câmara estanque do pneu. Esta camada é concebida para evitar a perda de pressão de enchimento dos pneus radiais, melhorando assim a durabilidade do pneu. O revestimento interior é feito de butil, uma borracha sintética que oferece excelentes propriedades de estanqueidade ao ar. As camadas internas de butil podem ser extremamente pegajosas e frequentemente requerem tratamento especial durante o processo de extrusão.

tyre logo

Talão e Apex (Bead and Apex)

O talão é a parte que segura o pneu corretamente. O tacão é feito de vários anéis, todos feitos de fios de aço que foram formados e montados juntos.

 

O Apex se junta ao talão por esse motivo, ele foi enrolado e moldado em um tamanho semelhante. Esta é a parte que permite que o talão adira ao pneu adequadamente.

tyre logo

Cintas de aço (Breakers)

As cintas de aço são cordões de borracha e de aço. Em casos comuns, 2 camadas sobrepostas. Esta tecnologia evita a distorção causada pela força centrífuga.

tyre logo

Piso (Tread)

Parte do pneu que está em contacto com a estrada. A sua principal função é transmitir a força de tracção e de ruptura de forma segura e eficiente. O piso é frequentemente composto por uma camada grossa de borracha, para a qual a composição mudará dependendo do tipo de superfícies (neve, molhado, seco…) e da finalidade do pneu (aderência, durabilidade, economia de energia). Tal como as paredes laterais, as bandas de rodagem são extrudidas durante o processo de fabrico e cada formulação pode exigir um tipo diferente de manuseamento.

top separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatormiddle separatorbottom separator
 

 

 

 

 

 

tyre logo

Carcaça (Body ply)

As camadas estruturais do pneu, as lonas do corpo são feitas de borracha calandrada reforçada com cordas têxteis ou de aço que funcionam para sustentar a carga de peso e absorver batidas. A maioria dos pneus tem 2 lonas ou mais. Uma vez que essas partes são feitas com borracha e tecidos, é difícil reciclar de volta para a produção em caso de qualquer problema de qualidade

tyre logo

Paredes laterais (Sidewalls)

Componente que assegura a estabilidade do pneu ao absorver a força lateral gerada quando o veículo vira. Devido à sua natureza, esta parte é composta por uma mistura de borrachas concebida para ter uma elevada resistência à fadiga e para gerar menos calor. O preto de carbono e outros aditivos podem ser adicionados à fórmula para aumentar essas propriedades, mas podem resultar numa perda de aderência que pode ter impacto na construção do pneu.

tyre logo

Cintas estabilizadoras (Belts)

Essas camadas não são utilizadas em todos os pneus. As correias melhoram a resistência mecânica do pneu, razão pela qual são normalmente utilizadas para veículos pesados como camiões.

Você gostaria de mais informações sobre a indústria de pneus?

 

O

Back To Top